Tempo x produtividade dos sistemas fotovoltaicos

Tempo x produtividade dos sistemas fotovoltaicos

A geração de energia elétrica pela luz solar é uma forma promissora de geração de energia, principalmente porque ao contrário de sistemas como o hidrelétrico, quase não tem impacto na natureza.

Basicamente, a luz solar é captada por um painel de placas feitas principalmente de silício e transformada em energia elétrica (sistema fotovoltaico) ou por um sistema de espelhos que acompanham o deslocamento do sol ao longo do dia, que a refletem para um coletor ou receptor, que transforma a radiação do sol em energia térmica, para ser transferida para um fluido (como óleo), e posteriormente será transformada em energia elétrica (sistema heliotérmico).

Este último sistema depende de grande irradiação do Sol para produzir energia; o sistema fotovoltaico não tem essa necessidade. Neste texto, vamos falar mais sobre o sistema fotovoltaico de geração de energia solar.

Outra vantagem da energia solar é que você pode se tornar até mesmo autossuficiente na produção de energia, ou pelo menos diminuir bastante o seu uso da energia elétrica pública. Se você produz mais do que consome, pode ceder esse excedente à energia pública e ganhar créditos nas próximas contas de luz. Em nenhum momento elas vão deixar de vir, claro, mas virão muito mais baratas, e seu dinheiro pode ser investido em outras coisas.

Este é um investimento que deve ser pensado em longo prazo. Não é muito barata a instalação dos equipamentos, porém a economia gerada paga o investimento, e a instalação é rápida, por isso que empresas como a Energia Total fazem simulações e estudos para descobrir qual a melhor solução para cada cliente, levando em conta também fatores como árvores, prédios, relevos, entre outros, afinal não se pode correr o risco de gastar tanto dinheiro sem o resultado esperado, ou ter os equipamentos instalados de forma incorreta, não é? Este investimento se paga de 2 a 8 anos.

Mas o sistema de equipamentos pode durar mais de 30 anos, o que já é um prazo que justifica amplamente a sua adoção; no entanto, pesquisas mais recente concluíram que o tempo de vida útil dele pode chegar a 37 anos. O custo de manutenção ao longo de todo esse tempo é mínimo.

Após esse tempo, ele continuará funcionando, apenas gerando, em média, 20% menos de energia do que no dia em que você o instalou, pela deterioração do material, que vai perdendo, em média, 0,7% de sua eficiência captadora por ano. De qualquer forma, um painel solar, se for bem feito, pode durar até 50 anos.

Cálculo da eficiência de um painel solar

Para calcular a eficiência de um painel solar, são levados em conta três fatores:

-Temperatura da Célula (o painel solar deve estar a 25ºC durante todo o teste);

- Irradiação solar = 1000 Watts m², que é a quantidade de energia que atinge uma área num determinado momento. 1000 Watts é uma quantidade média da luz solar sobre a superfície terrestre;

- Massa de ar = 1.5, que é a quantidade de luz que tem que passar pela atmosfera antes de atingir a superfície da Terra, o que tem a ver com o ângulo do Sol em relação a um ponto de referência terrestre.

Deixe seu comentário.