Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
07/07/2022

Podemos armazenar energia solar?

Com cada vez mais pessoas adotando medidas sustentáveis de energia, como a solar, é importante ressaltar os benefícios e vantagens que utilizar esses sistemas pode trazer. Uma delas é a possibilidade de armazenar a energia gerada pelos sistemas fotovoltaicos.

Os métodos utilizados para armazenamento é bem semelhante às formas de armazenagem da energia tradicional, através de equipamentos como baterias, por exemplo.

Outra forma de armazenagem comum é o sistema de compensação, que segue as regas que foram criadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica, através da Resolução Normativa 482, de 2012.

 

Entenda a seguir como pode ser feita a armazenagem de energia gerada através de sistemas fotovoltaicos!

 

Como armazenar energia solar em baterias?

O primeiro método se assemelha muito aos tradicionais, visto que utilizará recursos como baterias para que estas reservem a energia solar gerada ao longo do dia, de modo que seja usada em outros momentos, sendo chamado de off-grid.

As primeiras baterias que passaram a ser usadas no Brasil para este método são as de chumbo-ácido e níquel-cadmio. Entretanto, elas são possuem um custo muito elevado e acabam não sendo tão vantajosas.

Em outros países, os modelos de bateria usados para essa finalidade são os produzidos em íon-lítio. Esse tipo vem se expandindo cada vez mais em razão da sua alta capacidade de armazenamento e pelo fato de que possuem uma durabilidade maior.

Portanto, cada um dos tipos disponíveis de bateria que são usadas para essa finalidade terá uma característica específica. Entretanto, vale reforçar que pode ser um método mais caro de armazenagem pelo valor das próprias baterias e a durabilidade delas.

 

Armazenagem on-grid

Outro método de armazenamento é o on-grid. Nesse caso, a energia solar captada pelo sistema fotovoltaico vai utilizar a rede elétrica municipal para realizar esse tipo de armazenagem. Assim, o excedente ficará como uma espécie de crédito na operadora.

Este é o método conhecido como compensação de energia, que foi criado através da Resolução n° 482/2012. Com isso, tornou-se mais acessível o uso de módulos fotovoltaicos para a população de modo geral.

A compensação tem algumas vantagens específicas, mas também é importante considerar que existem pontos que podem ser ruins a depender do que é esperado pelo dono do sistema. Isso acontece porque faz com que a unidade consumidora seja dependente da concessionária pública.

Por isso, para muitas pessoas acaba sendo mais vantajoso utilizar as baterias, garantindo uma autonomia maior em vez de depender das ações da concessionária do local.

 

Sistema nobreak

Além dos sistemas destacados, existe ainda outro método que também pode ser escolhido para a armazenagem de energia solar. Ele age como se fosse um híbrido entre os dois, ou seja, uma combinação dos métodos.

Assim, ele será integrado à rede e utilizará também baterias de lítio para os procedimentos. Ele é utilizado somente em situações emergenciais.

Dessa forma, acontece a falha, a energia produzida através da corrente contínua dos painéis é transformada em corrente alternada através do inversor e levada até o quadro de luz onde será distribuída para as áreas do imóvel que necessitam da energia.

Portanto, a escolha do método ideal dependerá das condições do usuário e também do que ele espera do sistema fotovoltaico, podendo utilizar meios que possuem um valor maior e mais autonomia, bem como outras medidas mais econômicas.

 

Para saber mais, acesse nosso o site e conheça os nossos produtos!