Energia solar e o transporte público

Energia solar e o transporte público

O transporte público é uma das melhores formas de as grandes cidades combaterem a sua grande emissão de gases poluentes na atmosfera. Em um espaço usado por 3 carros, um ônibus, por exemplo, é capaz de transportar o mesmo número de pessoas que 10 automóveis, para que possamos ter uma referência. E agora, para melhorar este panorama, já estão acontecendo em alguns lugares do mundo testes com ônibus e trens movidos a energia solar, o que diminuiria ainda mais a emissão de poluentes!

O transporte público como alternativa

O transporte público é fundamental para as cidades de médio e grande porte. Ele leva milhões de pessoas ao trabalho e a seus destinos diariamente, e poderia levar ainda mais com investimentos em alternativas de combustíveis, proporcionando mais qualidade de vida e excelência no serviço aos usuários.

Por mais que o transporte público seja uma boa alternativa ecológica quando o assunto é transporte, a imensa maioria da nossa frota de ônibus e trens utiliza o diesel como seu principal combustível, uma substância que, quando queimada, gera uma alta quantidade de poluentes densos e altamente nocivos à atmosfera.

Em uma cidade média ou grande, o número de ônibus pode ultrapassar 10000. Por isso, muito tem-se prestado para que estes veículos tenham cada vez mais combustíveis limpos, e os protestos têm sido ouvidos.

Algumas cidades, como Curitiba, estão há anos experimentando ônibus movidos a eletricidade e biocombustíveis. Entretanto, estudiosos já tem afirmado que os biocombustíveis não são a melhor alternativa para esta demanda. Possuem pouco potencial de abastecimento e exigem um alto investimento para instalação.

A energia solar entrando com tudo no mercado

A cidade que até agora mais avançou neste cenário é Adelaide, na Austrália. O ônibus movido a energia solar que circula na cidade recebeu o nome de “Tindo”, e possui ar-condicionado e wi-fi para os passageiros. A melhor notícia: para andar neste coletivo, não precisa pagar passagem! Afinal, com a energia vinda do sol, o veículo quase não oferece custos de operação.

Na Índia, um país extremamente populoso e poluente, trens movidos a energia solar também estão começando a circular pelas movimentadas ferrovias da região. Até agora, a energia gerada pelos módulos instalados nos trens não serve para o movimento dos vagões, devido ao alto consumo de energia, mas sim para alimentar a iluminação e a refrigeração dos comboios, o que já diminui o consumo consideravelmente para uma fonte renovável.

A iniciativa mais próxima de nossa realidade aconteceu na cidade de São Paulo, a maior da América Latina. Foram colocados em circulação na frota de ônibus paulistana 60 veículos movidos exclusivamente a energia solar. Estes veículos possuem várias baterias espalhadas ao longo de sua estrutura, e a energia utilizada pelos ônibus é gerada por módulos fotovoltaicos instalados nas garagens da empresa.

Estratégias como essa promovem o uso de uma energia limpa, que não prejudica a qualidade de nosso ar. Além disso, a energia solar está a prova das oscilações do petróleo. Se você se interessou e quer ter energia solar em sua casa, acesse www.energiatotal.com.br

Deixe seu comentário.
Comentários
27/11/2018 15:42
Justo o que eu procurava sobre <a href="http://emapsolar.com.br/energia-renovavel/bombeamento-solar">bombeamento solar</a>, muito obrigada!