Meu carrinho de compras
Carrinho Vazio
09/12/2022

Como financiar um projeto de energia solar?

Com a instalação de painéis de energia solar, vem, além da possibilidade de gerar energia renovável e sustentável, a possibilidade de economizar e rentabilizar os resultados desse processo, feito com o auxílio das placas fotovoltaicas.

 

Em outras palavras, a redução da conta de luz é um enorme atrativo que capta novos adeptos para a geração de energia renovável. Pode parecer mentira, mas é um cálculo bem simples.

 

A sua conta de luz fica mais barata porque ela é lida de acordo com o seu consumo. Ou seja, se você consome menos do que gera - possibilidade que o painel fotovoltaico te entrega, junto com o auxílio de uma bateria para armazenamento - a sua conta reduzirá.

 

Dessa forma, a única coisa a ser paga mensalmente é a taxa de juros, que nada mais é que o custo da disponibilização de energia somado à taxa de iluminação pública da cidade em que você mora. Bem vantajoso, não?

 

Um projeto dessa magnitude, tão inovador e com relativamente pouco tempo de mercado, não poderia ter uma instalação barata.

 

Os equipamentos necessários para a geração e armazenamento de energia solar, costumam ter valores bem altos, em especial as placas fotovoltaicas, que dependendo do espaço destinado para a geração, precisa-se mais de uma instalada.

 

Por isso, muitas pessoas acabam desistindo da ideia de investir em energia renovável, mesmo compreendendo os seus benefícios a médio e longo prazo.

 

Pensando nessa desistência, diversas instituições financeiras as tomaram como uma oportunidade de mercado, disponibilizando financiamentos específicos para projetos de energia solar.

 

Compreendendo como funciona o financiamento de projetos de energia solar

Hoje existem dezenas de linhas de financiamento de crédito, disponíveis em bancos públicos e privados, a fim de levantar o investimento necessário para que o usuário em questão possa realizar o seu sonho de gerar a própria energia.

 

A partir do financiamento, é possível pagar o investimento aos poucos, com parcelas definidas no ato da contratação do serviço.

 

Normalmente, o financiamento de energia solar cobre até 100% do projeto, com um período de tempo, que varia de acordo com a instituição financeira, também pré-determinado no contrato.

 

Essa possibilidade é altamente vantajosa, pois como a geração de energia permite a possibilidade de armazená-la e rentabilizá-la, é como se o projeto em si pagasse o próprio investimento.

 

A contratação tende a ser simplificada, levando apenas alguns pontos cruciais em consideração, como, por exemplo, encontrar uma empresa confiável para garantir a instalação do equipamento.

 

Após isso, será preciso passar por uma análise de crédito, que levará em conta critérios básicos, aqueles necessários para a contratação de qualquer financiamento: score de crédito, análise da quantia solicitada, renda mensal, gastos mensais, entre outros.

 

Uma vez que as etapas anteriores estejam devidamente aprovadas, o crédito será liberado diretamente para a empresa instaladora. É simples assim.

 

A maior vantagem de aderir à energia solar por meio do financiamento é não precisar desembolsar uma grande quantia à vista. Dessa forma, o investimento será em longo prazo e caberá no seu bolso, enquanto você usufrui das vantagens da instalação.

 

Este artigo foi útil para você? Veja o nosso blog e encontre matérias similares!

 

Faça seu orçamento gratuito. Entre em contato conosco!