Como instalar energia solar em 7 passos

Se você esta pensando em instalar um sistema de energia solar ou contratar alguém para isso, listamos 7 passos para orientar na escolha do seu sistema de energia solar.

Sistemas de energia solar, são ativos de longo prazo e que trazem real beneficio energético para seu proprietário.

 

 

1° Saber como funciona a energia solar

Antes de iniciar, é iteressante saber como a energia solar funciona, de forma básica a energia solar é obtida através das placas solares fotovoltaicas, estas placas convertem a luz do sol diretamente em energia elétrica.

 

A energia elétrica produzida pelas placas solares pode ser armazenada em baterias ou utilizada imediatamente durante a produção, ou ainda ser enviada para a rede de energia da concessecionária, acumulando créditos que poderão ser usado a noite ou em dias com pouco sol.

 

 

2° - Onde a energia solar será instalada

O segundo passo é saber onde você deseja usar a energia produzida pelas placas, se for em um local que não há acesso a rede da concessionária, como sitios, retiros, pesqueiros ou locais isolados da rede elétrica, a solução é usar um sistema "OFF GRID" tambem conhecido como sistemas isolados ou desconectados.

 

Agora, se o local é atendido pela energia da concessionária e seu objetivo é economizar ou se tornar auto suficiente na produção de energia elétrica, então você precisa de um sistema "ON GRID" também conhecido como sistema conectado a rede.

 

 

Sistemas OFF GRID

Os sistemas OFF GRID são bastante utilizados no interior do Brasil, fornecendo energia 24 horas por dia, sem barulho e de forma limpa.

Sistemas isolados permite alimentar praticamente todos os equipamentos que existem em uma casa, inclusive ar condicionado, porém quanto mais equipamentos maior terá que ser o seu sistema. 

 

O uso mais comum é a ligação de lampadas, onde uma pequena placa do tamanho de um notebook já é suficiente para manter uma lampada acesa por 4 horas, com um investimento muito baixo em equipamentos, gastando pouco mais de 200,00 já é possivel ter 2 lampadas ligadas com energia solar.

A Energia Solar esta subistituindo os geradores a diesel e gasolina em muitos locais, utilizados geralmente para atender residencias, torres de internet e de telecomunicações.

Sistemas residenciais mais completos, geralemente são compostos de 4 a 6 placas, onde podem ser ligados 1 freezer pequeno ou geledeira, 1 TV, 1 máquina de lavar e ainda 5  a 10 lâmpadas.

 

Os principais itens do sistema de energia solar desconectado "OFF GRID" são os painéis solares, baterias, controlador de carga. Mais abaixo falaremos um pouco sobre cada um desses itens.

 

Para saber como dimensionar um sistema OFF GRID leia este artigo.

Para conhecer cada equipamento que compõe o sistema OFF GRID clieque aqui.

 

 

Sistemas ON GRID/GRID-TIE

Os sistemas conectados a rede,  GRID-TIE tem se popularizado no Brasil, isso porque em 2012 a ANEEL regulamentou o uso de energia solar conctado a rede na modalidade de mini e micro geração distribuída, onde qualquer residência, comércio ou indústria poderá gerar sua própria energia e ainda acumular creditos de energia com a consessionária.

 

O Sistema conectado a rede funciona da seguinte forma: Durante o dia, as placas transformam a luz solar em energia elétrica, essa energia é enviada para o inversor, este equipamento converte a energia das placas para a mesma energia da concessionária em 127V, 220V, 380V e injeta na rede alimentando os equipamentos e enviando as sobras de energia para a concessionária.

 

Todos os equipamentos que estiverem ligados no momento da geração, serão alimentados primeiramente pelas placas solares, e, se houver sobra, o excedente de energia será enviado para a rede da concessionária, quando a energia solar não for suficiênte para alimentar os equipamentos, a energia necessária será fornecedia pela rede elétrica convencional.

 

Assim, tanto as sobras de energia durante o dia, quanto a energia consumida da rede durante a noite ou em dias com pouco sol, serão registradas por um medidor bidirecional.

 

Todos os meses a concessionária enviará a fatura de energia, informando os créditos acumulados e a energia consumida da rede, sendo abatida com os créditos acumulados. Após o abatimento dos créditos havendo ainda saldo em favor do cliente, estes serão acumulados para abatimento posterior em até 5 anos, caso os créditos não sejam suficientes para abater toda a conta, a diferença deverá ser paga pelo cliente à concessionária.

 

É importante lembrar que neste sistema não há compra de energia pela concessionária, mas sim o acumulo de créditos de energia elétrica.

  

3° Conhecer os principais equipamentos

Para obter mais sucesso na sua instalação, é importante conhecer os principais itens. Para isso listamos alguns itens principais do sistema.

 

Sistemas OFF GRID

São responsáveis por captar a luz solar e converter em energia elétrica, os mais comuns são os modelos policristalino e mono cristalino.

os painéis policristalinos sao os mais usados atualmente, pois tem custo mais baixo e produção satisfatória, porém ocupam maior espaço.


Já os monocristalinos são mais caros, mas o preço é compensado por ser mais eficiente e ocupar menos espaço sobre o telhado.


Para saber mais sobre painéis solares preparamos o artigo Painéis Solares.

 

Inversores

Os inversores, são responsáveis por converter a energia de corrente continua dos paineis ou baterias para corrente alternada, a mesma utilizada na rede elétrica em 110V, 127V ou 220V.

Os inversores são classificados em ON-GRID ou OFF-GRID.


Os modelos ON-GRID funcionam conectados diretamente aos paineis solares, injetando a energia na rede da concessionária, alimentando os equipamentos ou acumulando créditos, são utilizados geralmente conectados a um conjunto de várias placas solares, existindo ainda as opções de micro inversores que são utilizados 1 peça por painel.

Já os modelos OFF-GRID são os mais conhecidos, pois são usados há muito tempo e tem custo mais baixo, estes inversores geralmente são utilizados com baterias 12V,24V,36V ou 48V convertendo para 127V, 220V etc, existindo algumas excessões, que funcionam ligados diretamente aos paineis solares. Estes inversores geralmente são encontrados nos modelos de onda senoidal pura e onda senoidal modificada, existem ainda os modelos de onda quadrada, porém este último é pouco comercializado devido as restrições de equipamentos.

Os modelos senoidais são os melhores do mercado, pois sua forma de onda é a mesma utilizada pela rede da concessionária, podendo alimentar qualquer equipamento dentro da faixa de potência do inversor, no entando seu custo é mais elevado. Geralmente estes inversores são utilizados para uso com motores, freezers, geladeiras, ferramentas e outros equipamentos que necessitam de corrente de onda senoidal pura.

Já os modelos de onda senoidal modificada, tem o preço mais acessível, porém nem todos os equipamentos podem ser utilizados com os inversores de onda modificada, como por exemplo lampadas eletronicas. Já os motores podem aquecer e fazer um pouco mais de barulho quando ligados com inversores de onda modificada. Para saber quais equipamentos podem ser utilizados é importante consultar o fabricante ou um técnico de vendas na loja.

Controladores de Carga

Controladores de carga são utilizados para fazer o gerenciamento da carga da bateria, não permitindo que exceda os níveis seguros de carga.
Estes equipamentos limitam a tensão (voltagem) não permitindo que exceda ou que fiquem abaixo de um nível seguro para garantir a vida útil da bateria.

Geralmente os controladores de carga quando usados com as baterias de chumbo acído, trabalham com uma tensão de 10,5 até 15V na bateria.

Em sistemas OFF-GRID recomendamos o uso do controlador de carga, usar baterias conectadas aos painéis solares sem o uso de controladores de carga pode danificar as baterias ou ainda causar a explosão da bateria.

Sempre use controladores de carga de qualidade para evitar acidentes ou danos a sua bateria.

O controlador de carga, trabalha nos regimes de carga, flutuação e equalização. Para saber mais acesse nossa página voltada para controladores de carga.

 

BATERIAS

 

As baterias são utilizadas para armazenar a energia captada pelos paineis durante o dia.
A bateria é um componentes fundamental em sistemas OFF-GRID.
O Tipo de bateria adequado para sistemas de energia solar são as baterias estacionárias.

As baterias mais utilizadas são as estacionárias de chumbo ácido por ter custo mais acessivel e vida útil razoável, também são utilizadas as baterias VLRA e Gel.

Não é recomendado o uso de baterias automotivas.

 

4° Escolhendo o melhor local para instalação das placas


As placas solares, devem ser instaladas em um locais onde recebam os raios solares o máximo de tempo possível, geralmente as placas são instaladas nos telhados, podendo também ser instaladas em estruturas fixadas ao solo. No geral o local deve prover muito sol e segurança para evitar quebra das placas ou acidentes durante vendavais ou ainda choque elétrico em pessoas e animais.

 

Escolhendo a orientação das placas.

Em sistemas "ON-GRID" se recomenda a inclinação ao norte geográfico, confrme a latitude do local, sendo no brasil na maior parte do território as instalações sendo feitas de 13° a 17°.

Já os sistemas "OFF-GRID" o melhor resultado será obtido colocando as placas de forma plana, porém desta forma ficará acumulando agua, assim, recomenda-se um leve inclinação suficiente apenas para escorrer oexcesso da agua da chuva.

se você contratar uma empresa especializada em energia solar, esta poderá lhe orientar no melhor local de instalação.

 

5° Quem fará a instalação?

Após saber qual o sistema atenderá suas necessidades é importante saber quem fará a instalação.

Se você mesmo for fazer a instalação, então será necessário saber quais são os equipamentos utilizar e seu correto dimensionamento, para obter mais informaçõe preparamos um artigo sobre dimensionamento de sistemas solares.

Os sitemas OFF-GRID são mais simples e você mesmo poderá fazer através do nosso passo a passo "Faça você mesmo seu sistema de energia solar",  já os sistemas ON-GRID nós recomendamos contratar um engenheiro eletricista ou uma empresa especializada para elaborar seu projeto e dar entrada com a documentação na concessionária e outros órgãos competentes.

Agora, se for contratar uma empresa instaladora, é interessante análisar se a empresa é idônea, tirar todas as suas dúvidas e verificar se a empresa já tem alguma instalação feita em funcionamento, se possível peça para visitar uma instalação realizada pela empresa.

A Energia total comercializa tanto os equipamentos como também pode dimensionar, projetar e instalar seu sistema de geração de energia solar. Ligue: (65)-3665-0858 ou vendas@energiatotal.com.br
Para obter um orçamento acesse: https://www.energiatotal.com.br/br/contactus

 

6° Escolhendo os materiais

A escolha dos materiais é uma parte importante do projeto, uma vez que há no mercado muitos modelos e marcas de equipamentos.

Antes de mais nada, certifique-se de que os materiais possuem o selo do INMETRO, pois alguns produtos somente serão aceitos pelas concessionárias se tiverem o selo do INMETRO.

Verifique se o fabricante tem garantia no Brasil e escritório permantente ou fábrica no Brasil, verifique ainda se há assistencia técnica próxima para um eventual acionamento de garantia ou conserto do produto.

No geral os painéis solares tem garantia de 25 anos para perda de produção e 10 anos para defeito de fabricação, sua vida útil é de 25 anos. Já os inversores tem em média 5 anos de garantia e vida úrtil superior a 15 anos, as estruturas de sustentação em sua maioria tem garantia de 25 anos, os demais equipamentos tem garantia padrão de 1 ano.

 

7° Manutenção do sistema de energia solar

A manutenção do sistema de geração de energia solar é minima, consiste na limpeza das placas a cada 6 meses ou quando apresentarem queda de eficiência. A manutenção preventiva também é importante, como a verificação períodica da isolação do sistema, da fixação da estrutura, corrosão e ainda verificação visual se o inversor não esta sendo habitado por insetos.

 

Deixe seu comentário.
Comentários
20/08/2018 11:05
É  possível ter energia solar reidencial 24 horas .E se ainda não  tiver conta de energia pode fazer os cálculos através da potência e horas de uso dos aparelhos ?
19/09/2018 14:02
legal
16/06/2019 18:30
Observei  que  os micros inversores  220v  são  mais  baratos que os de 127v,  na minha  casa todos  aparelhos  são  127v, na rede na rua tem 220v, consigo instalar estes  micros de  220v para alimentar meus  aparelhos 127v? Obrigado..